segunda-feira, 18 de julho de 2016

Resenha #02 - Schroder

Título: Schroder
Autora: Amity Caige
Editora: Intrínseca
Gênero: Drama
Número de páginas: 252
Ano: 2014
Avaliação:
Um folheto de divulgação de uma colônia de férias exibe meninos americanos felizes e integrados. Para se tornar um deles, o adolescente Erik, que deixou a Alemanha Oriental rumo aos Estados Unidos aos cinco anos, acredita que deve ter um inglês impecável e sem sotaque, uma história familiar enraizada nos Estados Unidos e o sobrenome Kennedy. Ao se inscrever na colônia de férias, Erik Schroder assumirá uma nova identidade, romperá com seu passado, e, talvez tarde demais, descobrirá quanto se tornou refém da própria mentira. E então nem mesmo uma filha e o casamento dos seus sonhos poderão ajudá-lo.



Schroder é um drama familiar escrito por Amity Caige, um livro que fala sobre amor paterno e desventuras da vida. Tudo começa com o divórcio de Erik e Laura, quando os dois iniciam a disputa pela guarda de Meadow. Ao perceber que poderia perder a causa e ficar ainda mais afastado da filha que tanto ama Erik decidi sair da cidade com ela.

A narrativa em primeira pessoa, em forma de carta para a sua ex-mulher, mostra a viagem de Erik e Meadow em seus mínimos detalhes e fala tanto sobre os 6 dias que os dois passam juntos como também mostra partes da antiga vida de Erik com Laura e antes disso.

Erik sabe que está se metendo em uma grande confusão, pois além de estar "raptando" a própria filha ele ainda tem contra si o fato de ter mudado seu sobrenome de nascença, se tornando ainda mais suspeito perante a lei caso seja capturado. Porém o amor que sente pela garota e a noção de que pode perde-la para sempre faz com que ele ignore qualquer aviso de perigo e apenas queira passar o maior tempo possível ao lado da filha.

Mas falando agora em termos de "como a autora se saiu ao descrever essa história" eu diria que ela foi muito bem, até perto das últimas páginas... Esse livro poderia ter ganho 4 estrelas facilmente não fosse o seu final. Durante a leitura você se aproxima dos personagens de forma verdadeira, a autora foi muito boa nesse ponto, as descrições são feitas na medida certa e você não se entedia ao decorrer das páginas. Porém o final ao meu ver foi inconclusivo.

Eu não gostei do jeito que tudo acabou, acho até que se autora tivesse terminado o livro umas 10 páginas antes teria sido bem melhor. Porque após concluir a história ela retorna a um momento no passado que não esclarece nada e ainda te deixa com aquela sensação de "Pra quê isso?", não entendi a finalidade daquelas últimas páginas. Mas isso é algo bem pessoal mesmo e pode ser que não incomode outros leitores.

5 comentários:

  1. É impressão minha ou os autores da atualidade estão investindo muito no "real" da vida nos livros que escrevem? Antes isso era tão incomum, hoje em dia todo livro retrata sobre algum tipo de drama da vida real. Em outras palavras: Sempre falaram de drama, mas não com a intensidade e nem como foco, sabe? HAUEHAUHEUAE - me perdi, masok - .
    -
    MOÇA, seu LAYOUT fica MAIS LINDO a cada nova atualização que você faz. AMEI ESSE AZUL que tá agora. <3

    www.catracaseletiva.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vitor! É sempre bom ver você por aqui, agradeço pelos elogios *-* Eu sempre tento dar o meu melhor pra agradar meus leitores e é tão bacana ver que tem dado certo *-*

      Em relação a esse novos livros que vem trazendo temáticas mais reais para os leitores eu concordo contigo. É uma vertente que vem crescendo bastante mesmo, e eu acho isso super proveitoso porque afinal, nada melhor do que nos enxergar em cada situação corriqueira descrita em um livro, não é mesmo? :)

      Um grande abraço e obrigado pela visita!

      Excluir
  2. Adorei a sua resenha!
    Pena que a autora deu essa derrapada no final rs.
    Mas gosto de escrita em primeira pessoa e a forma epistolar também me agrada.
    Beijos,
    http://www.fabulonica.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado :)
      Acredito que você vá curtir a leitura então, essa questão do finalzinho é algo bem pessoal, algo que não me agradou mas que pode não fazer a mínima diferença para outros leitores. Se joga na leitura!!! Tô torcendo pra que você curta muito *-*

      Beijos

      Excluir
  3. Hey!
    Comprei esse livro porque achei muito barato eiuheiuehe mas confesso que nunca nem tinha lido resenha dele. Depois que ele chegou que fui pesquisar no Skoob e vi mais gente falando do final :@ péssimo quando gostamos tanto de um livro e no fim decepciona.

    Beijos,
    Kemmy|Duas Leitoras

    ResponderExcluir