sexta-feira, 2 de setembro de 2016

A polêmica dos livros de Youtubers

Oi galera! Tô chegando pra falar com vocês sobre um assunto bem sério: Livros de youtubers.

É do conhecimento de todos que tais livros viraram febre e vem tomando bastante espaço nas prateleiras das livrarias e estantes dos leitores. Muito tem se falado no assunto e pouco se tem pensado de fato no impacto que tais livros trazem para a vida do público leitor em geral. E hoje eu vou falar um pouquinho sobre o que eu penso disso.

A minha primeira pauta é sobre como as pessoas tem se mostrado agressivas quando o assunto vem à tona. Eu faço parte de vários grupos de leitores no Facebook, e sempre que algum tópico sobre o tema é criado chovem comentários ofensivos. As pessoas nem se preocupam em argumentar, tudo que elas dizem é: "Livro lixo", "Nem de livro deveria ser chamado" ou então pior "É pra limpar a bunda?". As agressões chegam de todas as formas e sem nenhum pudor.

E nesse momento eu me pergunto: "Será que essas pessoas de fato sabem do que estão falando? Será que alguma delas já se propôs a ler um livro do gênero com a mente aberta, sem pré julgamentos? Será que essas pessoas que se dizem cultas estão realmente dando uma chance a esses livros?" Fica meu questionamento...

Eu acho que falta mais amor na vida dessas pessoas. Sério. Generalizar dessa forma é no mínimo inconsequente. Tem muito livro de Youtuber mal escrito por aí? Tem! Mas cá pra nós, tem muito autor por aí que não faz parte desse seleto grupo e também não escreve porcaria nenhuma não é mesmo? E o contrário também é válido. Tem muito livro bom de Youtuber! A questão é que livros como esses (como qualquer outro gênero) tem seu próprio público alvo, e pode ser que você não se enquadre nele.

Precisamos parar com as ofensas gratuitas. Pra ontem! Todos merecemos respeito, independente de quem somos ou o tipo de livro que publicamos. 

Um dos argumentos mais recorrentes é de que tais livros tiram a vez de bons autores nacionais que poderiam e mereciam muito mais ser publicados. Confesso que já pensei assim também. No começo, quando a onda teve início, eu achava que era mesmo uma injustiça por parte das editoras dar espaço a jovens sem talento que nem sequer escreviam os próprios livros ao invés de olhar pra os nossos autores que batalham tanto pra ter visibilidade. Mas aí eu parei pra pensar e me dediquei mais em ler artigos e posts sobre o tema, principalmente artigos que mostravam os dois lados da moeda, e cheguei a conclusão de que tem espaço pra todo mundo! 

Eu ainda não sou adepta em ler livros desse gênero, na verdade li muito poucos, mas hoje tenho noção da necessidade deles na sociedade em que vivemos. Na minha opinião, livros de Youtubers podem ser comparados a livros "Best-Sellers do The New york Times" por exemplo. Nem sempre trazem um bom conteúdo, mas tem um público alvo imenso disposto a adquiri-los. 

E veja bem, a questão é bastante simples: Editoras são empresas, empresas precisam do lucro pra se manter, o lucro vem de livros populares com altos índices de venda. Sacou? Best-Sellers vendem, livros de Youtubers também, livros de autores iniciantes e pouco conhecidos nem tanto. E é aí que está o X da questão.

Como vocês acham que uma grande editora conseguiria dinheiro pra bancar novos e desconhecidos autores se não fosse o lucro da venda de outros autores já conhecidos? Pensa um pouco, a matemática é simples e prova que Youtubers não estão tirando o espaço de novos autores nacionais, na verdade eles estão até ajudando a causa indiretamente.

E mesmo que você ache esse tipo de livro desnecessário entra a questão do bom senso em não criticar um livro que você nem sequer leu. Entra o bom senso de não agredir uma pessoa de graça, em pensar nela como um ser humano que tem sentimentos antes de tudo. Em se colocar no lugar do outro e parar de achar que a sua opinião é irrefutável, pois não é!

E por último, para os "especialistas" e críticos de plantão que adoram agredir o trabalho do outro sem justificativa, fica minha menção a um texto já bem conhecido de todos que se encaixa perfeitamente neste contexto:
"Lembra lá do primário quando a professora pedia pra você justificar sua resposta? Pois bem, era um teste. Pra você aprender que não dá pra sair por aí falando abobrinha e dizendo que é apenas ~ sua opinião ~."
Mas e aí, o que vocês pensam a respeito do tema? Bora debater?


15 comentários:

  1. Onde clica para curtir mil vezes? rs
    Eu não curto o gênero literário, mas não solto opinião a respeito.
    NA VERDADE eu acredito que não exista livro ruim.. tem público certo para atingir e ponto. Surgiu a oportunidade então pq não? <3

    www.saidaminhalente.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério que você curtiu o post Clayci? *-* Então já valeu a pena ter escrito!
      Acho super correta sua atitude, acho que não dá pra sair criticando sem conhecer né. E concordo com seu ponto de que não existe livro ruim, apenas livros lidos em momentos errados da vida de determinada pessoa.

      Muito obrigada pelo seu comentário, fiquei mega feliz de te ver por aqui!
      Beijos e muito sucesso pra ti :)

      Excluir
  2. Olá, Ana! Minha opinião é clara sobre o assunto. Não julgo nada sem ler antes!
    Ainda não parei para ler nenhum no momento, mas não vejo nenhum ponto negativo para quem quer escrevê-las e para as que querem lê-las. Eu, que já li muitas fanfics (aquelas histórias fictícias escritas por fãs, com personagens e enredos provenientes de filmes, séries...)em vários blogs, sites, confesso que, achei várias, super legais. Portanto, assim como você escolhe um determinado livro para ler, e após, você considera-o bom ou não, assim da mesma forma cada livro youtuber. Assim como não é pra sair por aí amaldiçoando o livro, de um autor famoso, caso não tenha gostado da leitura, não vejo o porquê do pessoal usar de tanta agressividade com os livros youtuber. No meio disso tudo, sempre tem coisas boas. Bjos

    ResponderExcluir
  3. Isso mesmo, disse tudo que algumas pessoas precisam ouvir. Como já foi dito não existe livro ruim e sim gostos diferente para cada item literário. E se eles estão lançado livros é pq tem alguma mensagem para passar. Bjs adorei cada palava

    ResponderExcluir
  4. Eu acho tão ridículo quem sai criticando, principalmente sem ler! O livro pode até não agradar a todos, mas todos deveriam respeito pelo trabalho alheio, pois escrever um livro, seja ele de qual gênero for, demanda tempo, criatividade....
    As pessoas deveriam abrir mais a mente e menos a boca.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oii,

    Amei o seu post e parabéns viu. Acredito que algumas pessoas são bem mentes fechadas para alguns livros ou gêneros, e é o que acontece com os livros de Youtubers. No começo eu achava que esses livros eram bem desnecessários, e alguns realmente são, mas tem outros que não. E ver como esses Youtubers movimentam um grande público é bem impressionante viu. E é como você disse, esses livros geram um lucro imenso para as Editoras e é isso mesmo que eles querem.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Você tocou num ponto muito interessante, que é o mercado que está interessado neste tipo de livro. Normal que editoras invistam no filão para vender muito. O problema é que eles poderiam aproveitar os lucros neste mercado para apostarem mais em outros segmentos. Afinal, eles teriam mais "gordura" pra queimar. Ótimo post!

    ResponderExcluir
  7. Que texto lindo <3 Me incomodo muito com gente desprezando esses estilo de livro, ainda mais com a quantidade que tem saído, está muito variado, é lógico que vão ter bons e ruins. Eles não vão tirar espaço dos outros, cada um tem seu público e ótimo ver que mais crianças e pré-adolescentes tem se interessando por ler, é bem mais fácil de adquirirem o gosto pela leitura se lerem algo que os agrade.

    ResponderExcluir
  8. MENINA VOCÊ DISSE TUDO! SÉRIO, AMEI!
    Eu confesso que não cheguei a ler muitos livros de youtubers, mas já li bons e ruins, e nem por isso saí julgando os outros que nem li.
    Aquilo que você disse dos famosos ajudarem os novatos, mesmo que indiretamente, faz todo o sentido! Muito bom esse pensamento!
    Cheiro de Pipoca

    ResponderExcluir
  9. Olá Ana tudo bem?
    Eu li somente um livro de Youtuber e o que eu li gostei bastante.
    Concordo quando dizem que existe muitos escritores ótimos que não tem oportunidades. Porém o público que lê obras de autores brasileiros "desconhecidos" é muito pequeno, muitos ainda leem pelo "status" que a pessoa tem. Por exemplo, são poucas as pessoas que vão ler o livro da Mariazinha porque ela não é famosa, mas muitos vão ler o livro da Jout Jout, porque ela tem um canal de sucesso no YouTube, e o que vai trazer mais retorno para a editora? O livro do Youtuber famoso.
    Então na minha humilde visão essa é uma jogada de marketing das editoras, eles precisam de publicar um livro que vai dar retorno financeiro para eles.
    A Mariazinha vai publicar um livro por uma editora pequena (ou as vezes até mesmo independente), mas ai quando ela alcançar um certo nível de "status", aquela editora grande irá procurá-la para lançar o próximo livro dela. Infelizmente é assim que funciona!
    Mas achei bem bacana o seu ponto de vista, e concordo com você.
    Beijos

    http://entre-linhaseparagrafos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oii, eu gostei apenas de livro de Youtuber, mas acredito que não ha problema nenhuma eles querem falar um pouco mais da sua vida, afinal são famosos como outros ai, achei interessante porque não sabemos como realmente e atras das câmeras! Mas enfim, cada um tem sua opinião! Mas gostei muito do seu post, parabéns!

    ResponderExcluir
  11. Antes de tudo, acho que a leitura é algo de gosto, assim como filmes e séries. Cada um tem o seu certo? Então por isso que existem milhares de opções. O mesmo acontece com os livros, temos milhares de gêneros, autores tudo para agradar vários tipos de leitores. Acredito, que o pessoal não tem o que fazer e acaba criando polêmicas sem sentido kkkkkk, porque, como você disse, editoras são empresas, que querem lucros, e os youtubers estão em alta e isso está trazendo muito lucro pra elas. Eles não deixaram de apoiar e publicar outros tipos de livros, só estão acrescentando formas diferentes de fazer com que um leitor compre um livro de determinada editora. Acho que tudo isso é simples, não gosta ou não faz o tipo de leitura, não compra. Hahahah Como dizem, o mundo tá chato, todo mundo faz muito mimimi por pouca coisa. Kkkkk Aliás, amei seu texto! Beijos
    www.karinapinho.com.br

    ResponderExcluir
  12. Não tenho nenhum problema com youtuber escrever livros, eu acho errado somente o foco que está sendo dado para isso. Eu comprei o livro da Bruna Vieira para minha irmã, antes de compra-lo olhei os livros de outros youtubers e a fonte era enorme, com um espaçamento enorme, citações pequenas em destaque, negrito, fonte 20... E isso é tudo para encher página. Isso não é literatura, na minha opinião, o foco que está sendo dado para esses livros é ruim, pq não são histórias.
    É muito amor para pouco conteúdo. Não é errado, mas eu acho muito mais educativo ler um livro de ficção. Pode sim ter livro de youtube, mas tem que sim valorizar a literatura, não só brasileira, toda a literatura. O brasil está esquecendo de ler bons livros e viajar em boas histórias para ler o que já viu o youtuber falar no vídeo...
    Respeito muito sua opinião e concordo completamente, mas tenho esta opinião para acrescentar.

    Beijões, Carol do blog Pink is not Rose

    ResponderExcluir
  13. Não sou tipo fã de livro de youtuber, na verdade não li nenhum, eu quero ler alguns, mas o que são escritos como história, não como autobiografia (não gosto tanto e por muitos serem novos, sei lá, fico com o pé atrás), mas isso é gosto meu. Acho péssimo sair por ai soltando ódio gratuito, se a pessoa não gosta é só não ler, não tem porque sair por ai chamando tudo de lixo. Eu particularmente não tenho vontade de ler as autobiografias de youtuber, acho complicado a questão de que alguns nem escreveram seus próprios livros, entende? Tem umas problemáticas nessas questões, mas também não aprovo quem sai dizendo coisas horríveis.

    Enfim, acho que é isso hahaha
    Beijos,
    pinguimtagarela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Nossa, você leu meu pensamento? Concordo com tudo que disse ao quadrado rsrs, acho que as pessoas tem que aprender a respeitar o gosto do outro, não é porque eu não curto tal coisa que vou falar mal, respeito é sempre bom e quanto mais melhor!

    ResponderExcluir