sábado, 3 de dezembro de 2016

Crítica - American Horror Story - Murder House

Título: American Horror Story #1 - Murder House
Criadores: Ryan Murphy, Brad Faulchuck
Gênero: Horror
Ano de lançamento: 2011
Elenco: Evan Peters, Jessica Lange, Sarah Paulson
Avaliação:
Sem saber dos perigos que estão por vir, a família Harmon sai de Boston e vai para uma mansão em Los Angeles atingida por pequenos conflitos de relacionamento. Logo após a chegada, eles encontram com os Landgons, com quem desenvolvem uma boa relação. Ben Harmon (Dylan McDermott), a esposa Vivien (Connie Britton) e Violet (Taissa Farmiga), a filha, descobrem junto aos seus novos companheiros que a casa possui um ambiente sobrenatural, repleto de fantasmas.
Vivian e sua família precisam de uma mudança de ambiente. Essa é a última tentativa dela de consertar seu casamento com Ben e se aproximar da filha Violet. Ben é do tipo traidor compulsivo e o casamento deles quase desaba quando Vivian descobre uma de suas escapadas, mas ele insiste que pode mudar e sugere essa nova casa onde eles podem recomeçar do zero.

A partir dessa premissa percebe-se que há uma quebra, uma ruptura nessa família não é mesmo? E isso só se intensifica com o tempo. A nova casa ao invés de uni-los acaba os separando ainda mais e esse é apenas o começo. Chega um ponto em que a vida deles corre sérios riscos e eles percebem a cilada em que se meteram ao se mudar pra essa casa.

Resultado de imagem para murder house ahs

Depois de alguns anos procrastinando eu voltei a ver AHS. Me lembro de ter parado por medo, sério, eu me arrepiava toda a cada novo episódio, porque assistia sozinha e era super medrosa. Hoje alguns anos mais velha e com um pouquinho mais de experiência com o gênero eu me deixei levar e foi impossível me conter antes de terminar a temporada inteira.

São poucos episódios então eu acabei maratonando em dois dias e foi incrivelmente horrendo. A história vai ganhando forma ao decorrer dos episódios e as bizarrices nunca terminam, mas confesso que depois de ver 3 ou 4 episódios em sequência o medo desaparece e tudo que fica é a curiosidade em saber aonde aquilo vai dar.

Não sei se é de conhecimento de todos que esse é aquele tipo de série que inicia e termina a história em uma única temporada mas mantém alguns atores para as próximas, por via das dúvidas agora vocês estão informados. Eu particularmente gostei muito desse estilo, pelo simples fato de trazer coisas novas e personagens diferentes a cada temporada ao invés de manter o foco em uma única trama.

Essa primeira temporada foi muito boa e envolvente, tanto que eu não me aguentei e comecei a ver a segunda no instante seguinte a terminar a primeira. É muito boa mesmo! Cheia de enigmas e personagens controversos, basicamente, nada é preto no branco, os personagens são bem desenvolvidos e tudo (ou quase tudo) é bem explicado no final deixando poucas pontas soltas para a imaginação do telespectador. Se você curte o gênero vale muito a pena ver!

2 comentários:

  1. Claro que é! É minha série preferida! Que bom que você perdeu o medo, sério! Confesso que rir sobre você ser medrosa haha, mas tem uns eps bem macabros mesmo! Eu assistia ainda quando não existia nosso amado Netflix (risos) então era uma vez por semana e, particularmente, acho muito melhor assistir assim, em intervalos de tempo "grandes", pois são poucos eps cada temporada.

    Sucesso, beijos! Com carinho, Menina Borboleta.
    http://meniborboleta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Nossa, sou muito curiosa com essa série e nem sei pq ainda não comecei a assistir... Mas claro que vou ter que colocar a culpa em todas minhas séries atrasadas e a pilha de livros para ler! Mas adorei saber mais um pouco da série e me deu muito mais vontade de assistir depois do seu post! Adorei teu blog e já tô seguindo aqui tá!! Beijos!!!!

    lendo1bomlivro.com.br
    Instagram :) @lendo1bomlivro

    ResponderExcluir